Cata-te

Dorme-te, imbecil
Dorme-te que amanhã será sua fossa
Dorme-te, retardado
Dorme-te que hoje tu teve sua loucura

Acorda-te, imbecil
Acorda-te que tens que trabalhar
Acorda-te, retardado
Acorda-te que queres uma nova esperança

Deita-te, imbecil
Deita-te que seus joelhos não aguentam
Deita-te, retardado
Deita-te que suas costas já pastam

Levanta-te, imbecil
Levanta-te que queres ir ao banheiro
Levanta-te, retardado
Levanta-te que hoje serás o primeiro!

Morram-te, imbecís
Morram-te que já lhes esperam
Morram-te, retardados
Morram-te que seus lábios padeceram

Pedro Coêntro

Deixe uma resposta