Chorume Humano (26/4/15, 20:26)

As indústrias soltam o pior cheiro já sentido
Exalado nas ruas
Nos prédios
Nos vazos sanitários
Nos esgotos
Nas pessoas

Somos inventores
Nossas crias nos dominam
Temos medo do que criamos
Não importa
Se máquinas ou humanos

Ou nos substituem nesse planeta
Onde ambas existências (humanas e planetária)
São efêmeras

Ou nos destroem mais ainda
Escancarando o chorume fedido
Que exalamos por sermos invenções de ancestrais

Rafael Abrahão

Deixe uma resposta