Atrasado

Atrasado, como sempre. Perdendo a hora. Não olhando pro relógio (sequer tenho um relógio). Acho que perco as horas por pura adrenalina. Me delicio com os momentos que poderiam vir a existir, e com aqueles que passam a existir pelo atraso. Perco o foco, junto do tempo, perco os minutos, os segundos.

Perco experiências, perco uma vida (ou quase). Mas ganho algo que só perco: perder a hora.

Bruno Panhoca

Deixe uma resposta