Dia das crianças

O dia em que o garotinho ganha a bola e a menina brinca de boneca. O dia em que o pai, a mãe e o avô se juntam para fazer um agrado. Na tv a disney domina. No rádio, só alegria. O almoço é aquele que o filho mais gosta. Tem chocolate, pirulito e guaraná.

O dia em que a garotinha ganhou uma gravata e o menino, uma boneca. O dia em que o pai, a mãe e a tia se juntam pra reclamar da preferência da criança. Na tv, filmes de macho. No rádio, só música romântica. O almoço é o de sempre. Tem arroz, feijão e carne.

O dia em que os gêmeos ganharam um chocolate. O dia em que a mãe voltou da missa e tentou fazer um prato de comida mais caprichado e um bolo com o mínimo de ovos possível. Na tv, o Silvio Santos dizendo que não foi dessa vez. No rádio do vizinho só se ouve funk. O almoço fica pronto no meio da tarde. Tem o bastante para um prato pra cada um.

O dia em que o garoto foi pego por roubar um brinquedo pra sua irmã. O dia em que o pai, a mãe e a vizinha saíram pra procurá-lo sem sucesso. Na tv, a mídia defende o direito de vingança de quem foi assaltado. No rádio, expõem a suspeita da polícia ter feito outra vítima. O almoço fica salgado de lágrimas. Tem um lugar vazio na mesa.

O dia em que várias crianças continuam esperando que alguém queira ainda lhes dar a chance de serem crianças.

Vitória Fava

Deixe uma resposta