Nós dois

Eu sou apenas mais um
Vagando até o óbito
Atrás de um propósito
Com todos, porém, nenhum.
Nós somos apenas mais dois
Com as mesmas ideias
E as mesmas prosopopeias
Gastando o tempo e deixando pra depois.

O que há entre nós é o amor
É o calor, a dor, o sabor
E finalmente, o ardor.
O que sinto agora é a saudade, a vontade, tudo de você.
E se quer saber, não tenho medo de esconder
Nem de dizer.
Que amor é o que eu sinto.
Disso também, pequena, eu não minto.

Bruno Panhoca

Deixe uma resposta