Transição (14/7/14)

Lave-se;
Agora é a hora!
Entranhe-se,
Em sossego…

Reserve-se,
Pelo silêncio obrigado.
Pela energia
De si mesmo.

Livre-se;
O uso é livre.
É teu;
É seu.

Esvazie-se;
Seja o Ser oco
Misterioso
Bobo.

Investigue-se
Não há o tempo
Há só a consciência,
Há ti mesmo.

Silencie-se
Nesse universo
Espalhe-se!
Semeie-se!

Renan Paz

Deixe uma resposta