Era uma vez

Era uma vez,
um homem que acordava;
Tudo começou
quando ele acordou.

Todo mundo apoia
Quem cedo madruga…
Mas só quem entende.

Bem,
Talvez não seja tão poético,
Mas acordei… Simplesmente acordei.
Foi tão simples que nem esperanças tenho,
Mas as minhas fraquezas superei,
E é deste caminho que eu venho.

Viale de Lara

Deixe uma resposta