Revelações do Nada (25/4/14, 18:48)

Cai de novo
No poço.
Ta cada vez mais profundo.
A realidade vira um pingo no fim do tunel,
Até que nao da mais lara ver nada.

Estou no nada
De novo
Seria bom se uma luz batesse
E eu me encontrasse

Estou só
Sinto-me odiado.
Minha voz soa no ambiente,
E tortura a todos que estão em volta.
Não consigo me calar.

Mas essa seria a soluçao?
Ficar calado não seria o mesmo que me entregar?
Duvidas.
Que me perseguem desde o Barroco

Minhas sugestoes de nada sao validas
Minha vida de nada é valida

Rafael Abrahão

Deixe uma resposta