A sanidade familiar é a insanidade (19/1/14, 23:11)

A insanidade… 
Tão fora de rumo 
A sanidade …
Tão certa no rumo 
Ão de coincidir alguma vez . Duas , setenta e três , infinitas vezes … 
Se complementam , mas se estranhão . 
Se odeiam 
Viciam 
Vivem na mesma casa 
Na mesma cama 
Difícil acreditar que não se comuniquem 
Pelo menos não diretamente 
Não é mais o papo de razão versus emoção 
Nada é mais são que a insanidade 
Loucura 
Volátil 
Mas .. se olharmos meio torto … 
Ou seja, mudar o angulo de visão
Essa loucura não é estranha 
E sim muito familiar 
Nada é mais insano que a sanidade .. 
O aparente controle da situação 
O pensamento lógico 
A estrutura 
O concreto 
A mente é como água 
Assassina 
Mas necessária à vida 
Clara 
Se iluminada 
Caso não for 
O Breu domina 
Acalme-se 
A vida é simples 
De longe : cinza, ( de onde todos olham) 
De perto ela é mais colorida que um arco íris , ( de onde poucos aventurados [atrevem olhar ) 
Do que que eu estava falando ?

Arthur Rizzo

Deixe uma resposta